É com alegria que convidamos vocês para acompanhar a estréia ao vivo no YouTube dos filmes que compõem a Série Jardins do Sagrado, na qual vamos exibir uma série de 9 filmes que realizamos com mestras e mestres dos saberes tradicionais sobre as relações entre plantas e espiritualidade.

Os filmes vão estrear sempre às quintas feiras, às 11h30, a partir do dia 06 de junho até o dia 01 de agosto de 2024. Ative as notificações do youtube para ser informado assim que os filmes forem ao ar!

Playlist com os 9 episódios no YouTube:


Programação
Mostra Jardins do Sagrado no YouTube

Quinta-feira | 06/06/2024 | 11h30
A mata é um pedaço de mim

César Guimarães | Pedro Aspahan | Saberes Tradicionais UFMG | 2024 | 63′

Sinopse
Diante da entrada da Mata da Baleia, Mam’etu Muiandê, matriarca do Quilombo Manzo Ngunzo Kaiango, dá início a um ritual para pedir licença aos Inquices e nos levar a um terreiro de Umbanda no interior da floresta. Ela lança o Makaso –  que se abre –, oferece cachaça e fumo, faz uma oferenda para Katendê, Inquice das folhas. Os animais vêm a receber. Ela nos conduz para o meio do mato, onde nos contará a sua história e a da sua Casa.


Quinta-feira | 13/06/2024 | 11h30
O caçador de uma flecha só

César Guimarães | Pedro Aspahan | Saberes Tradicionais UFMG | 2024 | 72′

Sinopse
O Babalorixá Sidney d’Oxóssi passeia pela Estação Ecológica da UFMG e encontra as plantas dos Orixás: uma árvore de Exu, a Jaqueira onde Oxóssi se alimentou, o Sangue Lavou de Xangô e o Peregun de Ogum e Oxóssi. A cada encontro, ele faz um canto de saudação. Ele conta a sua história e a do seu terreiro, e explica porque sem folha não há Orixá.


Quinta-feira | 20/06/2024 | 11h30
Cada árvore tem seu espírito

César Guimarães | Pedro Aspahan | Saberes Tradicionais UFMG | 2024 | 68′

Sinopse
Caminhando entre as árvores do Parque Lagoa do Nado, em Belo Horizonte, Darupü’üna, do povo indígena Tikuna, da Amazônia, nos ensina, entre cantos e rituais, que cada planta tem o seu espírito, e que é preciso ter o merecimento para ter acesso à cura oferecida pelas plantas.


Quinta-feira | 27/06/2024 | 11h30
O povo estrangeiro

César Guimarães | Pedro Aspahan | Saberes Tradicionais UFMG | 2024 | 55′

Sinopse
Em uma visita ao Parque Lagoa do Nado, em Belo Horizonte, Humbono Luiz, descendente do culto iniciado por Gayaku Luiza, se emociona ao encontrar Azanadô (a paineira), Vodum que é a origem de tudo. A seus pés mora Adangbé, a serpente que engole o próprio rabo, o fim e o princípio.  Ele fala de sua iniciação no candomblé do povo estrangeiro, o Jeje, canta e coleta as folhas sagradas.


Quinta-feira | 04/07/2024 | 11h30
A cobra protetora das pedras brancas

César Guimarães | Pedro Aspahan | Saberes Tradicionais UFMG | 2024 | 42′

Sinopse
A “cobra protetora das pedras brancas” é a tradução do nome de Toá Canynã, do povo Pankararu, no Vale do Jequitinhonha. Ao lado da água que corre, ela convoca os Encantados com seu maracá e nos conta a história do seu povo, que surgiu das cavernas subterrâneas do rio São Francisco e veio atravessando o tempo, em defesa da natureza, do território e de todos os seres que o habitam, sejam animais, vegetais, minerais, humanos, não-humanos e entidades espirituais.


Quinta-feira | 11/07/2024 | 11h30
O jardim que surge

César Guimarães | Pedro Aspahan | Saberes Tradicionais UFMG | 2024 | 50′

Sinopse
Pai Ricardo, Zelador de Umbanda da Casa de Caridade Pai Jacob do Oriente, prepara uma oferenda sobre uma folha de chapéu de couro, regada a mel, no pé de uma árvore. Ele faz o Paó, saudando as entidades e pedindo licença. Ao apanhar as folhas e cantar para elas – encantando-as e sendo, por elas, encantado – ele nos conta que é preciso, não só construir um jardim de folhas sagradas, mas oferecer as condições para que ele surja.


Quinta-feira | 18/07/2024 | 11h30

Eu sou um ser vegetal

César Guimarães | Pedro Aspahan | Saberes Tradicionais UFMG | 2024 | 48′

Sinopse
A Yalorixá Ione Ty Oyáa, semente de sua matriarca, Vanda de Oliveira, nos recebe no Quilombo Mangueiras.  Entre a maceração das folhas e os cantos para Oxalá, ela nos ensina a escutar o vento – que traz a voz dos ancestrais – e que nos diz se é hora de avançar na mata para apanhar as folhas sagradas ou se é hora de se recolher.


Quinta-feira | 25/07/2024 | 11h30h
O ancestral que voltou à sua aldeia

César Guimarães | Pedro Aspahan | Saberes Tradicionais UFMG | 2024 | 46′

Sinopse
A lâmina d’água reflete o corpo de Tat’etu Jalabo, que caminha entre as árvores do Parque das Águas. Ele conta como foi reconhecido em Angola como um ancestral que retornara à sua aldeia natal. Ele narra o mito de origem do universo, passando pelo Big Bang e pela origem de todos os Inquices, e também descreve o encontro entre as águas (Angorô) e as árvores (Katendê).


Quinta-feira | 01/08/2024 | 11h30
A Ecologia dos Orixás

César Guimarães | Pedro Aspahan | Saberes Tradicionais UFMG | 2024 | 34′

Sinopse
Iyá Ewé Angela Gomes, a “Cuidadora das Plantas”, adentra a mata do Parque das Mangabeiras, em Belo Horizonte, e, entre a pitangueira de Oxóssi e o riacho de Oxum, ela, que é filha de Lògún Edé, faz cantos e saudações às entidades ali presentes, enquanto fala sobre seu aprendizado da Ecologia dos Orixás.