Imagem de roça de mandioca em terra Tupinambá retomada, por Daniela Alarcon

No segundo semestre de 2108 o Programa de Formação Transversal em Saberes Tradicionais da UFMG oferecerá dois cursos para a graduação: “Artes e Ofícios dos Saberes Tradicionais: Políticas da terra” e Saberes Tradicionais – Cosmociências: construção da casa Maxakali”.

Será oferecido também um curso para os alunos de pós-graduação: “Seminário em Pragmáticas da Imagem II: Políticas da terra – Mestres dos Saberes Tradicionais Indígenas, Quilombolas e dos Terreiros de Axé”.

Graduação

Saberes Tradicionais – Cosmociências: Construção da casa Maxakali

Código: UNI 053
Carga Horária: 60 h
Período: 03 a 14 de setembro (incluindo encontros nos sábados)
Horário: Segunda e quarta – de 14 às 17:30

Ementa
Em atendimento a uma demanda das lideranças Maxakali (Sueli e Isael Maxakali) quando ofereceram o curso “Cinema e pensamento Kino-Maxakali”, vamos construir uma casa Maxakali nos moldes da casa Xacriabá construída no Jardim Mandala, na Faculdade de Educação, com a presença dos dois mestres.

Este curso acontecerá em parceria com o FIEI (Formação Intercultural de Educadores Indígenas).

Artes e ofícios dos Saberes Tradicionais: Políticas da terra

Código: UNI 050
Carga horária: 90 horas
Número de vagas: 200
Período: 18 de setembro a 21 de novembro
Horário: Terça e quinta – de 14 às 17:30

Pós-Graduação

Seminário em Pragmáticas da Imagem II: Políticas da terra – Mestres dos Saberes Tradicionais Indígenas, Quilombolas e dos Terreiros de Axé

Código: COM874 – turma PI
Carga horária: 30 h (Disciplina Optativa para Mestrado e Doutorado)
Período: Sextas-feiras, das 14 às 17:30, nos seguintes dias: 14 e 21 de setembro; 05, 19 e 26 de outubro; 09 e 30 de novembro.
Local: FAFICH – sala 3100
Prof. André Brasil (PPGCOM/UFMG)

Ementa
Submetidos a processos históricos de expropriação, etnocídio e genocídio, os povos indígenas e comunidades afrodescendentes (quilombolas e dos terreiros de axé) são justamente aqueles que de modo mais contundente têm respondido aos impasses políticos em escala local e global. Em amplas mobilizações, seja pela retomada e demarcação de suas terras, seja pela afirmação de seus direitos político-religiosos (crescentemente ameaçados pela conivência do Estado com o avanço do extrativismo, do agronegócio e dos discursos de intolerância), grupos indígenas e afrodescendentes valem-se dos saberes tradicionais para elaborar renovadas estratégias político-midiáticas; produzem práticas e discursos que apontam para alternativas de vida comum baseadas, não na mercadoria ou na propriedade, mas na aliança com outros povos, com a floresta, seus animais e espíritos.

O Curso terá cinco módulos, distribuídos entre as mestras e mestres, e contará também com encontros em outros espaços (ocupações, quilombos, comunidades e terreiros).

O Seminário de Pós-Graduação contará com cinco encontros com mestres e mestras convidados pelo Programa de Formação Transversal em Saberes Tradicionais da UFMG, além da abertura e do encerramento.

Mestras e Mestres Convidados
I. Cacique Babau (Rosivaldo Ferreira da Silva), Maria da Glória de Jesus e Glicéria Jesus da Silva
Lideranças tupinambá da Serra do Padeiro, BA

II. Dona Teresa Amarília Flores
Rezadora, agricultora, cantora e conhecedora dos saberes do povo Guarani-Kaiowa, MS

III. Dona Maria Luzia Sidônio
Zeladora da memória do Quilombo dos Luízes, em Belo Horizonte, idealizadora da Federação Quilombola de Minas Gerais – N’GOLO

IV. Joelson Ferreira de Oliveira
Liderança do Assentamento Terra Vista, em Arataca, BA, e da Teia dos Povos

V. Makota Valdina Pinto
Liderança do terreiro Nzo Onimboya, Salvador, BA

Matrículas

Graduação

Podem se matricular alunos de qualquer curso de graduação da UFMG. A matrícula deve ser feita pelo Sistema Siga, na página Minha UFMG, na Terceira Etapa da Matrícula (Formação Livre), nos dias 03 e 04 de agosto.

Pós-Graduação

Para se matricular os alunos deverão preencher o Requerimento de Matrícula em Atividade Acadêmica Eletiva para alunos de pós-graduação.

O Formulário deve ser preenchido, assinado pelo aluno e pelo coordenador do seu curso de origem ou pelo seu orientador e ENTREGUE até o dia 07 de agosto na Central de Atendimento de Pós-Graduação da FAFICH (sala 2027, ao lado do caixa eletrônico) de 8:00 às 22:00.

Programação

Semana de abertura

17 de setembro (segunda-feira), 14 h
Abertura com a presença de:

Davi Kopenawa
Liderança Yanomami, fundador da Associação Hutukara, AM

Cacique Babau (Rosivaldo Ferreira da Silva)
Maria da Glória de Jesus
Glicéria Jesus da Silva

Lideranças tupinambá da Serra do Padeiro, BA

e outros convidados.

21 de setembro (sexta-feira), 19 h
Exibição ao ar livre do filme “Curadores da terra-floresta” (Mozarniel Yanomami), comentado por Davi Kopenawa.

Local: Bosque da Escola de Música da UFMG

Cronograma

Módulo I
Mestras e Mestres
Cacique Babau (Rosivaldo Ferreira da Silva)
Maria da Glória de Jesus
Glicéria Jesus da Silva

Lideranças tupinambá da Serra do Padeiro, BA

Aulas: 18, 20, 25 e 27 de setembro
Seminário na Pós-graduação: 21 de setembro
Visita: [local a definir]: 25 de setembro

Módulo II
Mestra
Dona Teresa Marília Flores
Liderança Guarani Kaiowá do Guaiviry, Mato Grosso do Sul

Aulas: 02, 04, 09 e 11 de outubro
Seminário na Pós: 05 de outubro
Visita: [local a definir]: 09 de outubro

Módulo III
Mestras
Dona Maria Luzia Sidônio
Míriam Aprígio Pereira

Lideranças do Quilombo Luízes, Belo Horizonte

Aulas: 11, 16, 18 e 23 de outubro
Seminário na Pós: 19 de outubro
Visita: [local a definir]: 18 de outubro

Módulo IV
Mestre
Joelson Ferreira de Oliveira
Assentamento Terra Vista – BA

Aulas: 25 e 30 de outubro; 01 e 06 de novembro
Seminário na Pós: 26 de outubro
Visita: [local a definir]: 01 de novembro

Módulo V
Mestra
Makota Valdina
Liderança do terreiro Nzo Onimboya, Salvador

Aulas: 08, 13 e 20 de novembro
Seminário na Pós-Graduação: 09 de novembro
Visita: [Manzo Ngunzo Kaiango]: 10 de novembro + atividade com a Casa de Caridade Pai Jacob do Oriente

Encerramento: 30 de novembro

Professores parceiros (UFMG)
Adriano Mattos Corrêa
Escola de Arquitetura

Eduardo Rosse
Escola de Música

Edgar Barbosa
Faculdade de Educação

Luciana Oliveira
Departamento de Comunicação Social – FAFICH

Marcos Bortolus
Escola de Engenharia – FIEI

Pedro Rocha
Faculdade de Educação – FIEI

Renata Marquez
Escola de Arquitetura

Ruben Caixeta de Queiroz
Departamento de Antropologia – FAFICH

Wagner Leite Viana
Escola de Belas Artes

Coordenação Geral do Programa de Formação Transversal em Saberes Tradicionais da UFMG
César Guimarães

Bolsistas
Guilherme Brant
Juliana Araújo
Pedro Aspahan
Rafael Ramalhoso

Mais informações

Recomendamos os filmes

A retomada da terra
Realizado por Daniela Alarcon, que trabalha há algum tempo com a comunidade da Serra do Padeiro, e narra a luta do Povo Tupinambá pela retomada das terras.

A voz das mulheres indígenas
O filme traz fortes testemunhos reunidos por Cristiane Pankararu e Glicéria (que estará entre nós).

Categories: blog