O filme O Boi de Oliveira foi filmado na festa de Nossa Senhora do Rosário de Oliveira, como parte das atividades da disciplina Catar folhas: Saberes e fazeres do povo de axé
Outono de 2017

Segundo a pesquisadora Dalva Maria Soares, “a festa de Nossa Senhora do Rosário, também conhecida em Oliveira como Festa do Congo, é o momento auge do ciclo do Rosário e é realizada anualmente no mês de setembro. São nove dias de festa, onde são comemorados os Reinados de Nossa Senhora do Rosário, de Nossa Senhora das Mercês, de São Benedito, de Santa Efigênia, e desde 1976, o de Nossa Senhora Aparecida. A festa começa no sábado, com a saída do Boi do Rosário que vem anunciar o início dos festejos e, no domingo, pela manhã, tem a missa conga com a participação de todos os grupos da cidade.”

Tese: “Muita religião, seu moço!”: os caminhos de uma congadeira
UFSC, 2016

O curso Catar folhas: Saberes e fazeres do povo de axé aborda as artes rituais, os estilos de pensamento e os modos de existência das comunidades afro-brasileiras, em seus lados de Ketu, de Angola, do Reinado e da Umbanda.

A disciplina traduz também o compromisso do Programa de Formação Transversal em Saberes Tradicionais com o ensino da História e da Cultura Afro-Brasileira, tornado obrigatório pela lei 10.639/03.

professores parceiros
Edgar Barbosa – FAE
Maria Aparecida Moura – ECI
Rubens Alves da Silva – ECI
Wagner Leite Viana – EBA

bolsistas
Isabel de Rose – DAA/FAFICH
Fernanda Oliveira – Doutoranda FAE
Barbara Altivo – Doutoranda PPGCOM

câmera
Álvaro Andrade
Gabriel Lopo Silva Ramos
João Carvalho
Julia Duarte
Luara Verrone dos Santos
Marina Morena Silva Carmo
Mateus Santos Ferreira
Rafaella Melisse de Almeida Magalhães
Rafael Ramalhoso
Sérgio Luiz da Conceição Félix

som direto
Caline Andressa Muller Gambin
João Carvalho
Rafaella Melisse de Almeida Magalhães
Marina Morena Silva Carmo

edição
Júlia Duarte
Gabriel Lopo Silva Ramos

video filmado na disciplina
Laboratório de Documentário:
Catar Folhas

professores
André Brasil
César Guimarães
Eduardo Rosse

video editado na disciplina
Oficina de Montagem:
Saberes Tradicionais

professores
César Guimarães
Eduardo de Jesus
Pedro Aspahan

coordenação audiovisual e finalização
Pedro Aspahan

coordenação geral do programa
de formação transversal
em saberes tradicionais
César Guimarães

comitê gestor
arquitetura
Renata Marquez

enfermagem
Lívia de Souza Pancrácio de Errico

engenharia
Marcos Bortolos

fafich
André Brasil
Luciana Oliveira

realização
PROGRAD
Pró-Reitoria de Graduação

Departamento de Comunicação Social UFMG

Categories: blog retrato